Um Pouco Sobre Hannah Arendt


» Clique aqui para ouvir o áudio desse vídeo no SoundCloud «

Hannah Arendt foi uma das mais importantes filósofas do século XX.

Alemã, de origem judia, iniciou seus estudos universitários na universidade de Marburg. Nessa universidade conheceu o grande filósofo Martin Heidegger, iniciando uma complicada história de amor. Ele era casado, 17 anos mais velho e filiado do partido nazista, enquanto ela, lutava contra tal regime. Foi presa, perdeu sua nacionalidade se tornando apátrida (até conseguir sua nacionalidade norte-americana em 1951) e fugiu para não morrer nos campos de concentração.

Antes de deixar a Alemanha, Hannah Arendt troca de universidade indo estudar e se doutorar na universidade de Freiburg.

Após passar por cidades como Praga, Genebra e Paris, ela chega aos USA e lá escreve duas de suas principais obras: "Origem do Totalitarismo”, onde irá discutir antissemitismo, imperialismo e totalitarismo e “Eichmann em Jerusalém”, onde irá discutir a chamada banalização do mal, a partir da série de artigos que escreveu para o jornal The New Yorker sobre o julgamento de Adolf Eichmann.

Seus escritos chocaram a opinião pública da época que, esperando que Arendt descrevesse Eichmann como um monstro violento, acabou por ler algo que só tempos depois foi entendido.

Eichmann era um burocrata, um sujeito que cumpria ordens com esmero, sem nunca parar e refletir na perversidade das mesmas, ou seja, executava as ordens sem qualquer pensamento crítico.

Arendt nos ensina que o mal não é uma categoria ontológica ou metafísica, mas principalmente fruto de um vazio no pensamento junto com uma total falta de alteridade.

Cópia_de_Sem_nome.png
Posts Em Destaque
CONTATO

© 2020 por Novo Liceu

ACOMPANHE-NOS NAS REDES SOCIAIS
  • escrever um artigo científico
  • a filosofia nos ajuda a viver melhor de que forma
  • hermenêutica jurídica